LIGUE:
11 4535-1462
11 95047-4445

+ Espécies:


Nome Popular: Piraputanga

Nome Científico: Brycon microleps; Brycon hilarii.

Família: Characidae

Distribuição Geográfica: Bacias do Prata (B. microleps) e São Francisco (B. hilarii).

Descrição: Peixe de escamas, corpo alongado e um pouco comprimido. Logo após retirados da água a cor é amarelada, a nadadeira caudal é vermelha, com uma faixa preta que começa no pedúnculo caudal e chega até os raios centrais da nadadeira caudal. As demais nadadeiras são alaranjadas. As escamas do dorso são claras no centro, com as bordas escuras. Apresentam uma mancha umeral escura e arredondada. Alcançam cerca de 50cm de comprimento total e 2,5kg; indivíduos acima desse peso são raros. Tradicionalmente, a piraputanga da bacia do Prata tem sido identificada como Brycon hilarii, mas esse nome aplica-se apenas à espécie do rio São Francisco.

Ecologia: Espécies onívoras, alimentam-se de peixes, frutos e sementes. Vivem em locais de corredeiras e nos remansos, embaixo de árvores frutíferas e próximos às plantas aquáticas. Têm importância comercial e esportiva.

Equipamentos: As varas utilizadas devem ser de ação leve ou leve/média de 6 a 12 libras. Os anzóis são pequenos (n° 2/0) e o chumbo deve ser leve, pois são espécies de meia água.

Iscas: Pode-se usar iscas naturais, frutinhas, pequenos peixes e iscas artificiais como spinners e pequenos plugs de meia água.

Dicas: Os melhores locais para pesca são as pequenas correntezas, as beiras com árvores frutíferas e perto de plantas aquáticas.